em 


Opções Avançadas

Coleção L&PM E-books

 

Livros Relacionados



A OBRA DE ARTE NA ERA DE SUA REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA

Walter Benjamin
Tradução de Gabriel Valladão Silva
Organização, ensaio biobibliográfico, prefácio, revisão técnica e seleção dos fragmentos: Márcio Seligmann-Silva

Outros Formatos
Formato 14x21
160 páginas
ISBN 978-85-254-2884-4
Também em e-book

R$ 32,00



A OBRA DE ARTE NA ERA DE SUA REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA

Walter Benjamin
Tradução de Gabriel Valladão Silva
Organização, ensaio biobibliográfico, prefácio, revisão técnica e seleção dos fragmentos: Márcio Seligmann-Silva

Coleção L&PM Pocket
Ref. 1216
176 páginas
ISBN 978.85.254.3716-7
Também em e-book

R$ 20,90

Outros Livros do Autor



A OBRA DE ARTE NA ERA DE SUA REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA

Walter Benjamin
Tradução de Gabriel Valladão Silva
Organização, ensaio biobibliográfico, prefácio, revisão técnica e seleção dos fragmentos: Márcio Seligmann-Silva

Coleção L&PM Pocket
Ref. 1216
176 páginas
ISBN 978.85.254.3716-7
Também em e-book

R$ 20,90



A OBRA DE ARTE NA ERA DE SUA REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA

Walter Benjamin
Tradução de Gabriel Valladão Silva
Organização, ensaio biobibliográfico, prefácio, revisão técnica e seleção dos fragmentos: Márcio Seligmann-Silva

Outros Formatos
Formato 14x21
160 páginas
ISBN 978-85-254-2884-4
Também em e-book

R$ 32,00

A OBRA DE ARTE NA ERA DE SUA REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA

DAS KUNSTWERK IM ZEITALTER SEINER TECHNISCHEN REPRODUZIERBARKEIT

Walter Benjamin
Tradução de Gabriel Valladão Silva
Organização, ensaio biobibliográfico, prefácio, revisão técnica e seleção dos fragmentos: Márcio Seligmann-Silva

“Ele esclareceu certos aspectos da modernidade com tanta autoridade que setenta anos de imprevisíveis mudanças não conseguiram diminuir seu impacto.” Sir Frank Kermode, crítico literário

“Não houve nenhum outro crítico mais original, mais sério e melhor leitor em
nosso tempo.” George Steiner, crítico literário

Um dos trabalhos aos quais Walter Benjamin (1892-1940) mais se dedicou e também um dos que mais apreciou escrever, A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica é sem dúvida seu texto mais influente. Como o título já sugere, o ensaio anuncia as mudanças operadas pela modernidade: o advento da fotografia e do cinema – e as transformações trazidas pela técnica empregada nestes dois campos – mexem com o status da obra de arte, retirando-lhe o que Benjamin chamou de “aura”, ou seja, aquela característica que a torna única, a experiência da contemplação “aqui e agora”. Para além do artístico, o autor revela as consequências dessa revolução para os campos social e político.

O texto foi publicado pela primeira vez em 1936, em francês, na revista do Instituto de Pesquisas Sociais, ponto de convergência de um grupo de pensadores que daria origem à Escola de Frankfurt. Teria ainda outras três versões, todas póstumas. Somente nos anos 80 veio a público a segunda versão, que aqui apresentamos. Com notas e variantes, esta edição oferece, pela primeira vez em língua portuguesa, uma visão global das quatro versões existentes deste que é um dos textos fundamentais para se compreender as mudanças sociais e políticas do século XX, cujos ecos continuam a se estender nas reflexões contemporâneas.

A história da publicação de A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica é um pouco a história da errante vida de seu autor, Walter Benjamin. Além da primeira versão, escrita em 1935 e publicada com inúmeros cortes em 1936 em francês, o texto teve outras três versões, todas publicadas após a morte do autor. Já na época de sua concepção, o ensaio recebeu diversas críticas, incluindo de Max Horkheimer e Theodor Adorno, que escreveu uma carta ao autor (aqui reproduzida) fazendo uma leitura negativa do trabalho.
Até os anos 80, a terceira versão, escrita entre 1938 e 1939, foi a que teve a maior influência na recepção do texto.

Somente após a morte de Horkheimer, com a abertura de seus arquivos, se teve acesso a esta que foi denominada segunda versão, conhecida por ser a mais radical e ousada do ponto de vista político e da teoria da técnica, incluindo também inúmeras notas e apresentando a famosa “teoria da segunda técnica”. Esta edição leva em conta as quatro versões do ensaio, colocando em primeiro plano a segunda versão, mas incorporando vários fragmentos e variantes que compõem a complexa estrutura do ensaio benjaminiano sobre a obra de arte.

Preço R$ 19,90

Informações Gerais

Título:

A OBRA DE ARTE NA ERA DE SUA REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA

Título Original:

DAS KUNSTWERK IM ZEITALTER SEINER TECHNISCHEN REPRODUZIERBARKEIT

Catálogo:

Coleção L&PM E-books

Gênero:

Cultura e sociedade

Cód.Barras:

ISBN-13:

978.85.254.3784-6

Formato:

ePub

Páginas:

160

Edição:

março de 2014

Vida & Obra

Walter Benjamin

Walter Benjamin nasceu em 15 de julho de 1892 em Berlim, filho de um casal de judeus assimilados. Estudou filosofia, literatura alemã e história da arte entre Freiburg, Berlim, Munique e Berna. Em 1917 casou-se com Dora Pollak, com quem teve o único filho, Stefan. Viveu como escritor e tradutor (de Baudelaire, Proust, Balzac, entre outros) em Berlim e, em 1933, emigrou para a França, após a ascensão dos nazistas ao poder. De sua obra rica e multifacetada se destacam sua ...

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

* O número de páginas dos livros da Coleção L&PM e-books é uma referência baseado no número de páginas dos livros impressos

voltar ir para o topo   imprimir página
 

Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Alameda Santos, 1470, cj 310 - Cerqueira César - Fone: (11) 3578.6606 - São Paulo/SP - CEP 01418-903

© 2003-2018 Publibook Livros e Papeis Ltda. - CNPJ 87.932.463/0001-70 - Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva