Coleção L&PM E-books


AFORISMOS PARA A SABEDORIA DE VIDA

APHORISMEN ZUR LEBENSWEISHEIT

Arthur Schopenhauer

Tradução de Gabriel Valladão Silva

A busca humana pela felicidade

Arthur Schopenhauer (1788-1860) é um dos mais importantes nomes da filosofia em língua alemã, junto com Kant, Hegel, Nietzsche e Wittgenstein. Mais de trinta anos após lançar as bases de sua filosofia em O mundo como vontade e representação, tornou-se conhecido por Parerga e paralipomena (1851). Deste vasto tratado de mais de mil páginas contendo aquilo que o próprio autor chamou de “escritos esparsos”, Aforismos para a sabedoria de vida compõe o segundo quarto.

Nestes ensaios, o pensador se dirige ao leitor com uma linguagem clara e acessível, deixando de lado terminologias filosóficas, para refletir sobre os principais fatores que influenciam a busca humana pela “boa vida” – uma existência agradável e moralmente justa. Um dos introdutores da filosofia oriental e budista aos pensadores europeus, Schopenhauer discorre sobre a amizade, a simplicidade, a felicidade, a vida, a morte, a honra, sempre com um olhar sereno e estável.

Aqui está, em toda sua exuberância, a sabedoria daquele que, admitindo a ausência de Deus e o sofrimento intrínseco à experiência humana, enxergava na reflexão, na arte e na conduta moral os grandes trunfos da humanidade, influenciando todos os pensadores posteriores.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    AFORISMOS PARA A SABEDORIA DE VIDA

  • Título Original:
    APHORISMEN ZUR LEBENSWEISHEIT
  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Filosofia
  • eISBN:
    978-65-5666-123-0
  • Edição:
    11/2020
  • Edição:
    novembro de 2014

Vida & Obra

Arthur Schopenhauer

Arthur Schopenhauer nasceu em Dantzig (Prússia), em 22 de fevereiro de 1788. Filho do comerciante Henrich Floris Schopenhauer e de Johanna Henriette Trosenier, que o encaminharam aos estudos voltados para o comércio. Viajou por diversos países da Europa com a finalidade de aprimorar seus conhecimentos. Após o falecimento de seu pai, provavelmente por suicídio, Arthur iniciou seus estudos humanísticos. Em 1807 matriculou-se no Liceu Weimar. Em 1809 cursou a faculdade de me...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


A busca humana pela felicidade

Arthur Schopenhauer (1788-1860) é um dos mais importantes nomes da filosofia em língua alemã, junto com Kant, Hegel, Nietzsche e Wittgenstein. Mais de trinta anos após lançar as bases de sua filosofia em O mundo como vontade e representação, tornou-se conhecido por Parerga e paralipomena (1851). Deste vasto tratado de mais de mil páginas contendo aquilo que o próprio autor chamou de “escritos esparsos”, Aforismos para a sabedoria de vida compõe o segundo quarto.

Nestes ensaios, o pensador se dirige ao leitor com uma linguagem clara e acessível, deixando de lado terminologias filosóficas, para refletir sobre os principais fatores que influenciam a busca humana pela “boa vida” – uma existência agradável e moralmente justa. Um dos introdutores da filosofia oriental e budista aos pensadores europeus, Schopenhauer discorre sobre a amizade, a simplicidade, a felicidade, a vida, a morte, a honra, sempre com um olhar sereno e estável.

Aqui está, em toda sua exuberância, a sabedoria daquele que, admitindo a ausência de Deus e o sofrimento intrínseco à experiência humana, enxergava na reflexão, na arte e na conduta moral os grandes trunfos da humanidade, influenciando todos os pensadores posteriores.

" />