Outros Formatos


DE VIOLET PARA VITA

VIOLET TO VITA

Violet Trefusis e Vita Sackville-West

Tradução de Magda Lopes

Fora de catálogo

Livro que traz as cartas de amor trocadas entre duas escritoras. A correspondência que Violet Trefusis enviou para Vita Sackville-West entre os anos de 1910 e 1921. Editado pro Mitchell A. Leaska e John Phillips, o livro “De Violet para Vita” possui 304 páginas e um caderno de fotos. A introdução escrita por Leaska conta um pouco da vida de ambas e de como esta paixão acabou vindo à público, somente após a morte do marido de Vita, Harold Nicolson e de Violet em 1971. 

“Como se podia esperar, o marido de Violet, Denys Trefusis, queimou todas as cartas de Vita para Violet quando seu casamento atingiu seu grau mais destrutivo e, obliterado o lado de Vita da correspondência, restou apenas a confissão em si para iluminar seu papel no caso, tornando-a, em essência, a história de Vita. Agora, dezoito anos após a morte de Violet, as cartas aqui publicadas, a sua maioria pela primeira vez, documentam seu lado desta paixão infortunada. Essa é a única justificativa para este volume.” escreveu Leaska na introdução. 

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    DE VIOLET PARA VITA

  • Título Original:
    VIOLET TO VITA
  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    Correspondência
  • Cód.Barras:
  • Páginas:
    304
  • Edição:
    maio de 1993

Vida & Obra

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Livro que traz as cartas de amor trocadas entre duas escritoras. A correspondência que Violet Trefusis enviou para Vita Sackville-West entre os anos de 1910 e 1921. Editado pro Mitchell A. Leaska e John Phillips, o livro “De Violet para Vita” possui 304 páginas e um caderno de fotos. A introdução escrita por Leaska conta um pouco da vida de ambas e de como esta paixão acabou vindo à público, somente após a morte do marido de Vita, Harold Nicolson e de Violet em 1971. 

“Como se podia esperar, o marido de Violet, Denys Trefusis, queimou todas as cartas de Vita para Violet quando seu casamento atingiu seu grau mais destrutivo e, obliterado o lado de Vita da correspondência, restou apenas a confissão em si para iluminar seu papel no caso, tornando-a, em essência, a história de Vita. Agora, dezoito anos após a morte de Violet, as cartas aqui publicadas, a sua maioria pela primeira vez, documentam seu lado desta paixão infortunada. Essa é a única justificativa para este volume.” escreveu Leaska na introdução. 

" />