Coleção L&PM Pocket


"A memória tem frente e fundos / Como se fosse uma casa; / Possui até mesmo um sótão / Para os refugos e ratos."

Emily Dickinson - "Poemas escolhidos"

POEMAS ESCOLHIDOS (BILÍNGUE)

Emily Dickinson

Tradução de Ivo Bender

R$19,90

EDIÇÃO BILÍNGUE

"À exceção de Kafka, não lembro de nenhum escritor que tenha expressado o desespero com tanta força e constância quanto Emily Dickinson."
Harold Bloom

Foi somente após a morte de Emily Dickinson (1830-1886) que sua família descobriu os 1.775 poemas que compõem a totalidade da sua obra. Apenas uns poucos haviam sido publicados durante a vida da poeta, em periódicos. Nesta antologia bilíngüe, o leitor terá uma deliciosa amostra das poesias daquela que, juntamente a Walt Whitman, é um dos grandes nomes da lírica norte-americana do século XIX. São poemas ora de indizível leveza, sobre pequenas coisas do dia-a-dia e a fluidez do tempo, ora composições mais pesadas, que tratam da morte e de tensões psicológicas. Dickinson, verdadeiro espírito livre, pensa e expressa estes versos – muitos dos quais inéditos no Brasil – com sua peculiar sensibilidade que transforma em beleza trágica a brevidade da vida.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    POEMAS ESCOLHIDOS (BILÍNGUE)

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Poesia
  • Série:
    L&PM Pocket Plus
  • Referência:
    436
  • Cód.Barras:
    9788525415622
  • ISBN:
    978.85.254.1562-2
  • Páginas:
    128
  • Edição:
    junho de 2007

Vida & Obra

Emily Dickinson

Emily Elizabeth Dickinson nasceu em Amherst, Massachusetts, em 10 de dezembro de 1830. Começou seus estudos numa escola local e, aos dezessete anos, se matriculou no Mount Holyoke Female Seminary, um colégio para moças que abandonou menos de um ano depois, alegando problemas de saúde. Após essa experiência, optou pela reclusão e foi então que começou a escrever. Publicou seu primeiro poema no periódico Springfield Republican.

Em uma das poucas viagens que realizou,...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Harold Bloom

Foi somente após a morte de Emily Dickinson (1830-1886) que sua família descobriu os 1.775 poemas que compõem a totalidade da sua obra. Apenas uns poucos haviam sido publicados durante a vida da poeta, em periódicos. Nesta antologia bilíngüe, o leitor terá uma deliciosa amostra das poesias daquela que, juntamente a Walt Whitman, é um dos grandes nomes da lírica norte-americana do século XIX. São poemas ora de indizível leveza, sobre pequenas coisas do dia-a-dia e a fluidez do tempo, ora composições mais pesadas, que tratam da morte e de tensões psicológicas. Dickinson, verdadeiro espírito livre, pensa e expressa estes versos – muitos dos quais inéditos no Brasil – com sua peculiar sensibilidade que transforma em beleza trágica a brevidade da vida.

" />