Coleção L&PM E-books


“Magistral, simplesmente magistral. Li-o de uma assentada só, sem poder parar!”
José Saramago, Prêmio Nobel de Literatura

“Flávio é um novo Dostoiévski, e Memórias do esquecimento revela imagens vividas num inferno apenas entrevisto por Dante, Rimbaud e o próprio Dostoiévski.”
Ernesto Sabato, Prêmio Cervantes de Literatura

“É a história de um homem que teve várias mortes e viveu para contar.”
O Globo

Cheio de lirismo e emoção, Memórias do esquecimento é um relato descarnado e cru sobre a prisão e a tortura após o golpe militar de 1964 no Brasil. Formado em Direito e professor da UnB, o jornalista Flávio Tavares participou da resistência à ditadura e foi preso. Libertado com outros catorze presos políticos em troca do embaixador dos Estados Unidos, em 1969, iniciou longo exílio no qual foi vítima (e sobrevivente) da chamada Operação Condor. Este livro é um testemunho sobre os labirintos de uma época sombria e tortuosa. Da repressão à resistência, da dor à esperança, está tudo aqui, para jamais esquecer.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    MEMÓRIAS DO ESQUECIMENTO

  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Biografias
    História Reportagens
  • eISBN:
    978.85.254.2771-7
  • Edição:
    dezembro de 2012

Vida & Obra

Flávio Tavares

Formado em Direito, professor aposentado da Universidade de Brasília, Flávio Freitas Hailliot Tavares (RS, 1934) dedicou-se ao jorna­lismo. Durante décadas, reservou à crônica política de Última Hora, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo ou do mexicano Excelsior, o estilo suave que o lançou na literatura, em 1999, com Memórias do Esqueci­mento, qualificado de “magistral” pelo Prêmio Nobel José Saramago e pelo argentino Ernesto Sabato. Participou da resistência à ditadura no Brasil. Preso e ban...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


“Magistral, simplesmente magistral. Li-o de uma assentada só, sem poder parar!”
José Saramago, Prêmio Nobel de Literatura

“Flávio é um novo Dostoiévski, e Memórias do esquecimento revela imagens vividas num inferno apenas entrevisto por Dante, Rimbaud e o próprio Dostoiévski.”
Ernesto Sabato, Prêmio Cervantes de Literatura

“É a história de um homem que teve várias mortes e viveu para contar.”
O Globo

Cheio de lirismo e emoção, Memórias do esquecimento é um relato descarnado e cru sobre a prisão e a tortura após o golpe militar de 1964 no Brasil. Formado em Direito e professor da UnB, o jornalista Flávio Tavares participou da resistência à ditadura e foi preso. Libertado com outros catorze presos políticos em troca do embaixador dos Estados Unidos, em 1969, iniciou longo exílio no qual foi vítima (e sobrevivente) da chamada Operação Condor. Este livro é um testemunho sobre os labirintos de uma época sombria e tortuosa. Da repressão à resistência, da dor à esperança, está tudo aqui, para jamais esquecer.

" />