Outros Formatos


"Nunca imaginei que o amor poderia ser tão problemático."

Charlie Brown - "O amor segundo Peanuts"

O AMOR SEGUNDO PEANUTS

Charles M. Schulz

Tradução de Alexandre Boide

"Todos nós somos capazes de amar e ser amados.” Sally

“Não acredito! O pai da minha namorada não quer que a gente se case.” Snoopy

“O segredo do amor é eliminar a concorrência.” Lucy

Está com dificuldade para escrever uma carta de amor? Pensando em como dizer a alguém especial como você se sente? Ninguém melhor do que a turma criada por Charles M. Schulz para tentar entender os mistérios da paixão. Com muita sabedoria, Charlie Brown, Snoopy, Sally, Lucy, Linus, Schroeder, Marcie e Patty Pimentinha nos fazem lembrar que o amor dá brilho às nossas vidas, mesmo nos gestos mais simples. E, se tudo der errado, o humor estará sempre presente para nos fazer sorrir.

Marcie gosta de Charlie Brown, que gosta da garotinha de cabelos ruivos; Lucy gosta de Schroeder, que gosta mesmo é de seu piano; já Snoopy gosta da cadelinha beagle de orelhas grandes... É, quem foi que disse que o amor é assunto fácil? Refletir sobre o sentido da vida tem sido tarefa para grandes pensadores, incluindo Charles M. Schulz. Com a tira Peanuts, o desenhista norte-americano criou um mundo no qual as crianças – e seus questionamentos – são as grandes protagonistas. É a partir desse olhar ao mesmo tempo singelo e honesto que surgem algumas das melhores tiradas de O amor segundo Peanuts, uma seleção que vai inspirar os leitores a abrir seus corações.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    O AMOR SEGUNDO PEANUTS

  • Catálogo:
    Outros Formatos
    Coleção L&PM Infantojuvenil
  • Gênero:
    Quadrinhos
    Literatura infantojuvenil Juvenil Infantil
  • Série:
    Peanuts
    Quadrinhos
  • Cód.Barras:
    9788525429407
  • ISBN:
    978-85-254-2940-7
  • Páginas:
    128
  • Edição:
    setembro de 2013

Vida & Obra

Charles M. Schulz

Charles Monroe Schulz nasceu em Minneapolis, Minnesota (EUA), no dia 26 de novembro de 1922, mas cresceu em Saint Paul. Era filho único de Dena e Carl Schulz. Desde o nascimento, os quadrinhos tiveram um papel importante em sua trajetória. Com apenas dois dias de vida, um tio apelidou-o de Sparky por causa do cavalo Spark Plug, da tira Barney Google. Durante a adolescência, Charles e seu pai compartilharam um ritual: todos os domingos de manhã liam juntos os ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Sally

“Não acredito! O pai da minha namorada não quer que a gente se case.” Snoopy

“O segredo do amor é eliminar a concorrência.” Lucy

Está com dificuldade para escrever uma carta de amor? Pensando em como dizer a alguém especial como você se sente? Ninguém melhor do que a turma criada por Charles M. Schulz para tentar entender os mistérios da paixão. Com muita sabedoria, Charlie Brown, Snoopy, Sally, Lucy, Linus, Schroeder, Marcie e Patty Pimentinha nos fazem lembrar que o amor dá brilho às nossas vidas, mesmo nos gestos mais simples. E, se tudo der errado, o humor estará sempre presente para nos fazer sorrir.

Marcie gosta de Charlie Brown, que gosta da garotinha de cabelos ruivos; Lucy gosta de Schroeder, que gosta mesmo é de seu piano; já Snoopy gosta da cadelinha beagle de orelhas grandes... É, quem foi que disse que o amor é assunto fácil? Refletir sobre o sentido da vida tem sido tarefa para grandes pensadores, incluindo Charles M. Schulz. Com a tira Peanuts, o desenhista norte-americano criou um mundo no qual as crianças – e seus questionamentos – são as grandes protagonistas. É a partir desse olhar ao mesmo tempo singelo e honesto que surgem algumas das melhores tiradas de O amor segundo Peanuts, uma seleção que vai inspirar os leitores a abrir seus corações.

" />