Coleção L&PM Pocket


RÊ BORDOSA – DO COMEÇO AO FIM

R$19,90

Apesar de sua breve presença – de 1984 a 1987 – nas páginas da Folha de S. Paulo, onde surgiu e de onde se multiplicou por mais de 30 jornais do país, e de sua atuação como uma das protagonistas da revista Chiclete com Banana, a personagem criada por Angeli marcou época. Virou peça de teatro, foi capa de revistas e tema de baile de carnaval. Ganhou o prêmio de pin-up do ano de 1986 e deixou uma legião de viúvas e viúvos quando foi assassinada pelo autor em 1987. Neste livro estão reunidas pela primeira vez as tiras que narram a sua tresloucada trajetória: a vida, a obra, a morte e as memórias de Rê Bordosa enfim ao alcance do leitor, como um copo de vodca ao alcance das mãos da velha junckie.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    RÊ BORDOSA – DO COMEÇO AO FIM

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Quadrinhos
    Humor
  • Série:
    Quadrinhos
  • Referência:
    519
  • Cód.Barras:
    9788525415899
  • ISBN:
    978.85.254.1589-9
  • Páginas:
    160
  • Edição:
    maio de 2006

Vida & Obra

Angeli

Arnaldo Angeli Filho nasceu em 31 de agosto de 1956 na cidade de São Paulo e já aos 14 anos publicou seu primeiro desenho na extinta revista Senhor.

Em 1973 foi convidado a desenhar para o jornal Folha de S.Paulo, onde, além de charges políticas criou para a seção de quadrinhos a tira diária Chiclete com Banana, que lançou personagens como Rê Bordosa, Bob Cuspe, Wood & Stock e os Skrotinhos. Em 1985, a Chiclete com Banana transform...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Apesar de sua breve presença – de 1984 a 1987 – nas páginas da Folha de S. Paulo, onde surgiu e de onde se multiplicou por mais de 30 jornais do país, e de sua atuação como uma das protagonistas da revista Chiclete com Banana, a personagem criada por Angeli marcou época. Virou peça de teatro, foi capa de revistas e tema de baile de carnaval. Ganhou o prêmio de pin-up do ano de 1986 e deixou uma legião de viúvas e viúvos quando foi assassinada pelo autor em 1987. Neste livro estão reunidas pela primeira vez as tiras que narram a sua tresloucada trajetória: a vida, a obra, a morte e as memórias de Rê Bordosa enfim ao alcance do leitor, como um copo de vodca ao alcance das mãos da velha junckie.

" />