Coleção L&PM E-books


A MÁQUINA DO TEMPO - H. G. Wells

A MÁQUINA DO TEMPO

THE TIME MACHINE

H. G. Wells

Tradução de William Lagos

O primeiro livro sobre viagem no tempo

Você acreditaria em alguém que afirma ter viajado no tempo? Se agora as chances são pequenas, imagine para os leitores de 1895, quando H.G. Wells lançou A máquina do tempo, sua estreia no gênero que o consagraria “pai da ficção científica”.

O primeiro romance a abordar o assunto da viagem pela quarta dimensão acompanha as aventuras do Viajante do Tempo para o futuro, mais precisamente oitocentos mil anos adiante. Wells envia seu bravo explorador para uma era na qual a humanidade se resume a duas raças: os pacíficos e etéreos Elóis, e os predadores e subterrâneos Morlocks. O Viajante, que não carrega mais do que uma caixa de fósforos consigo, terá que aprender a se movimentar entre esses dois mundos e decifrar um segredo macabro, correndo o risco de nunca mais conseguir voltar à Londres de sua época.

Inúmeras leituras são possíveis, inclusive interpretações marxistas e darwinistas; o fato é que A máquina do tempo é não só um grande clássico de ficção científica, mas uma aventura impossível de largar.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    A MÁQUINA DO TEMPO

  • Título Original:
    THE TIME MACHINE
  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Literatura estrangeira
    Ficção científica Ficção
  • eISBN:
    978.85.254.3535-4

Vida & Obra

H. G. Wells

Herbert George Wells (1866-1946) foi um prolífico escritor inglês. Notabilizou-se pelos seus clássicos de ficção científica como O homem invisível, A ilha do dr. Moreau e A guerra dos mundos, mas também ficou conhecido por obras que aliam suas ideias sobre o progresso, a política e a humanidade, como Uma breve história do mundo (L&PM POCKET, 2010).

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


O primeiro livro sobre viagem no tempo

Você acreditaria em alguém que afirma ter viajado no tempo? Se agora as chances são pequenas, imagine para os leitores de 1895, quando H.G. Wells lançou A máquina do tempo, sua estreia no gênero que o consagraria “pai da ficção científica”.

O primeiro romance a abordar o assunto da viagem pela quarta dimensão acompanha as aventuras do Viajante do Tempo para o futuro, mais precisamente oitocentos mil anos adiante. Wells envia seu bravo explorador para uma era na qual a humanidade se resume a duas raças: os pacíficos e etéreos Elóis, e os predadores e subterrâneos Morlocks. O Viajante, que não carrega mais do que uma caixa de fósforos consigo, terá que aprender a se movimentar entre esses dois mundos e decifrar um segredo macabro, correndo o risco de nunca mais conseguir voltar à Londres de sua época.

Inúmeras leituras são possíveis, inclusive interpretações marxistas e darwinistas; o fato é que A máquina do tempo é não só um grande clássico de ficção científica, mas uma aventura impossível de largar.

" />