Coleção L&PM Pocket


A DAMA DO CACHORRINHO E OUTRAS HISTÓRIAS

DAMA S SOBACHKOY

Anton Pavlovitch Tchékhov
Tradução e prefácio de Maria Aparecida Botelho Pereira Soares

"Ninguém melhor do que Tchékhov compreendeu a tragédia contida nas pequenas coisas da vida."  Máximo Gorki

A escrita de Tchékhov revelou-se para o mundo como uma força inovadora tanto no âmbito do conto como do teatro moderno. Mestre nesses dois gêneros, o escritor russo interessava-se por desvendar o estado psicológico dos personagens, seus sentimentos e aflições, fossem eles camponeses, burgueses, nobres abastados ou aristocratas decadentes. Para Tchékhov, um dos maiores contistas da literatura, uma história tinha que ser contada com originalidade e revestida de calor humano.

Estes doze contos são coroados pela mais célebre de suas histórias curtas, "A dama do cachorrinho" (1899), na qual o autor lança um olhar singular sobre o adultério e o surgimento do amor. Pincelado com um humor melancólico, este precioso conjunto apresenta também "Anna no pescoço", "A corista" e "Iônytch", além de outros contos que estão entre os mais lidos da literatura ocidental.

Contos:

"A morte do funcionário"
"O enxoval"
"Aniúta"
"A corista"
"Vanka"
"Vérotchka"
"Zínotchka"
"A irrequieta"
"Anna no pescoço"
"Iônytch"
"A dama do cachorrinho"
"A noiva"

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    A DAMA DO CACHORRINHO E OUTRAS HISTÓRIAS

  • Título Original:
    DAMA S SOBACHKOY
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Contos
    Ficção
  • Referência:
    749
  • Cód.Barras:
    9788525418579
  • ISBN:
    978.85.254.1857-9
  • Páginas:
    192
  • Edição:
    fevereiro de 2009

Vida & Obra

Anton Pavlovitch Tchékhov

Anton Pavlovitch Tchékhov nasceu em Tagan­rog, sobre o Mar de Azov, em 17 de janeiro [no calendário juliano, que equivale a 29 de janeiro no calendário gregoriano utilizado no Brasil] de 1860, o terceiro dos seis filhos de um pequeno comerciante, o mer­ceeiro Pável Iegórovi­tch Tchékhov, cujo pai fora servo de gleba.

Teve uma infância difícil. Desde menino, o pai, bem-intencionado mas autoritário, obrigava-o a tra­ba­lhar com ele na venda, e quando, arruinado...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


A escrita de Tchékhov revelou-se para o mundo como uma força inovadora tanto no âmbito do conto como do teatro moderno. Mestre nesses dois gêneros, o escritor russo interessava-se por desvendar o estado psicológico dos personagens, seus sentimentos e aflições, fossem eles camponeses, burgueses, nobres abastados ou aristocratas decadentes. Para Tchékhov, um dos maiores contistas da literatura, uma história tinha que ser contada com originalidade e revestida de calor humano.

Estes doze contos são coroados pela mais célebre de suas histórias curtas, "A dama do cachorrinho" (1899), na qual o autor lança um olhar singular sobre o adultério e o surgimento do amor. Pincelado com um humor melancólico, este precioso conjunto apresenta também "Anna no pescoço", "A corista" e "Iônytch", além de outros contos que estão entre os mais lidos da literatura ocidental.

Contos:

"A morte do funcionário"
"O enxoval"
"Aniúta"
"A corista"
"Vanka"
"Vérotchka"
"Zínotchka"
"A irrequieta"
"Anna no pescoço"
"Iônytch"
"A dama do cachorrinho"
"A noiva"

" />