Coleção L&PM Pocket


DOM QUIXOTE – LIVRO SEGUNDO - Miguel de Cervantes

"Um dos efeitos do medo é perturbar os sentidos e fazer com que as coisas não pareçam o que são."

Miguel de Cervantes - "Dom Quixote"

DOM QUIXOTE – LIVRO SEGUNDO

EL INGENIOSO HIDALGO DON QUIJOTE DE LA MANCHA

Miguel de Cervantes

Tradução de Viscondes de Castilho e Azevedo

R$32,90

Em 1605, há exatamente 400 anos, foi comercializada a primeira edição de Dom Quixote de la Mancha,obra-prima de Miguel de Cervantes, que marcou o início do romance moderno e o nascimento do "mito quixotesco" ou a defesa dos mais elevados princípios morais.  

Em 1615, dez anos após a exitosa publicação de As aventuras do engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha (vol. 400 da Coleção L&PM Pocket), Cervantes ofereceu ao mundo a segunda parte da sua obra-prima, que o leitor tem nas mãos. Também nesta continuação o protagonista autodenominado Dom Quixote (que leu romances de cavalaria demais e decidiu sair pela Espanha fazendo o bem e corrigindo as injustiças) é acompanhado pelo genial Sancho Pança. A relação de amizade entre os dois é tão forte quanto nunca, temperada pela melancolia e imaginação da narrativa.

Cervantes, que morreu pobre em 1616, despediu-se assim de uma vida sofrida: com a mágica história de um fidalgo desajustado, que, exatamente pela sua força criativa, desafia definições, suscita as mais variadas leituras e encanta leitores de todas as culturas e idades.

"O primeiro romance psicológico da literatura ocidental."
Jorge Luis Borges

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    DOM QUIXOTE – LIVRO SEGUNDO

  • Título Original:
    EL INGENIOSO HIDALGO DON QUIJOTE DE LA MANCHA
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Literatura clássica internacional
    Romance
  • Referência:
    401
  • Cód.Barras:
    9788525413772
  • ISBN:
    978.85.254.1377-2
  • Páginas:
    520
  • Edição:
    abril de 2005

Vida & Obra

Miguel de Cervantes

O mais célebre dos escritores espanhóis; autor do imortal D. Quixote de la ManchaLer mais

Opinião do Leitor

thiago
almenaraMG

um livro muito educativo

30/12/2014

Você também pode gostar


Em 1605, há exatamente 400 anos, foi comercializada a primeira edição de Dom Quixote de la Mancha,obra-prima de Miguel de Cervantes, que marcou o início do romance moderno e o nascimento do "mito quixotesco" ou a defesa dos mais elevados princípios morais.  

Em 1615, dez anos após a exitosa publicação de As aventuras do engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha (vol. 400 da Coleção L&PM Pocket), Cervantes ofereceu ao mundo a segunda parte da sua obra-prima, que o leitor tem nas mãos. Também nesta continuação o protagonista autodenominado Dom Quixote (que leu romances de cavalaria demais e decidiu sair pela Espanha fazendo o bem e corrigindo as injustiças) é acompanhado pelo genial Sancho Pança. A relação de amizade entre os dois é tão forte quanto nunca, temperada pela melancolia e imaginação da narrativa.

Cervantes, que morreu pobre em 1616, despediu-se assim de uma vida sofrida: com a mágica história de um fidalgo desajustado, que, exatamente pela sua força criativa, desafia definições, suscita as mais variadas leituras e encanta leitores de todas as culturas e idades.

"O primeiro romance psicológico da literatura ocidental."
Jorge Luis Borges

" />