Coleção L&PM E-books


POIROT: QUATRO CASOS CLÁSSICOS

POIROT: FOUR CLASSIC CASES

Agatha Christie

Tradução de Henrique Guerra (Tragédia em três atos); Petrucia Finkler (Cipreste triste); Rodrigo Breunig (Morte na praia e A Mansão Hollow)

Os anos 30 e 40 foram tempos perigosos e violentos. Às vésperas, durante ou logo depois da Segunda Guerra Mundial, aonde quer que fosse, Hercule Poirot – o célebre detetive belga – era levado a investigar os mais traiçoeiros casos de assassinato... para a delícia dos leitores de Agatha Christie.
Este volume reúne quatro dos mais instigantes e famosos casos de Poirot, emblemáticos da era dourada das histórias de detetive durante a qual Christie se consolidou como a maior autora de romances policiais de todos os tempos.

Agatha Christie (1890-1976) recebeu o título de Rainha do Crime graças às suas histórias policiais e livros de suspense altamente imaginativos, escritos entre as décadas de 20 e 70. Autora de dezenas de romances, contos e peças de teatro, criou mistérios protagonizados por personagens variados, como a simpática Miss Marple e, sobretudo, por Hercule Poirot. Excêntrico, vaidoso e de uma perspicácia sem igual, o detetive particular conquistou legiões de leitores no mundo inteiro, ganhou status de lenda e se tornou o personagem mais presente na obra de Christie, figurando em 33 romances e 54 contos, incluindo alguns dos títulos de maior destaque da bibliografia da autora. Levado a desvendar crimes nos quatro cantos do mundo, com seus métodos incomuns e muitas vezes surpreendentes, ele sempre supera seus colegas da polícia local. Esta coleção reúne em volumes temáticos os romances do incontornável pequeno grande belga.

Tragédia em três atos (1935)
Um jantar entre amigos é perturbado pela morte súbita de um dos convivas, aparentemente de causas naturais. Mas tudo toma um novo rumo quando uma segunda morte acontece.


Cipreste triste (1940)
Uma velha senhora falece após uma longa doença sem deixar testamento, e segredos de família levarão Poirot a seu primeiro romance de tribunal.


Morte na praia (1941)
Uma bela e provocante mulher é estrangulada nas areias de uma pequena praia. Poirot, de férias, perscruta todos os hóspedes do luxuoso hotel e descobre que vários teriam razões para ser o assassino.


A Mansão Hollow (1946)
Um reputado médico é baleado em plena luz do dia na propriedade de amigos onde fora passar o final de semana. Todas as evidências apontam para sua simplória mulher, mas nem sempre as coisas são como parecem.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    POIROT: QUATRO CASOS CLÁSSICOS

  • Título Original:
    POIROT: FOUR CLASSIC CASES
  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Ficção estrangeira
    Policial
  • Série:
    Agatha Christie
  • eISBN:
    978.85.254.3643-6
  • Edição:
    novembro de 2014

Vida & Obra

Agatha Christie

Agatha Christie é, e sempre será, a Rainha do Crime. Soberana dos romances policiais, vendeu bilhões de livros pelo mundo e foi traduzida para 45 línguas, sendo ultrapassada em vendas somente pela Bíblia e por Shakespeare. Nasceu Agatha Mary Clarissa Miller, em 15 de setembro de 1890, na cidade inglesa de Torquay, mais precisamente na mansão Ashfield. Cresceu ouvindo as histórias de Conan Doyle, Edgar Allan Poe e Leroux, contadas por sua irmã mais velha, Madge. Mas f...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Os anos 30 e 40 foram tempos perigosos e violentos. Às vésperas, durante ou logo depois da Segunda Guerra Mundial, aonde quer que fosse, Hercule Poirot – o célebre detetive belga – era levado a investigar os mais traiçoeiros casos de assassinato... para a delícia dos leitores de Agatha Christie.
Este volume reúne quatro dos mais instigantes e famosos casos de Poirot, emblemáticos da era dourada das histórias de detetive durante a qual Christie se consolidou como a maior autora de romances policiais de todos os tempos.

Agatha Christie (1890-1976) recebeu o título de Rainha do Crime graças às suas histórias policiais e livros de suspense altamente imaginativos, escritos entre as décadas de 20 e 70. Autora de dezenas de romances, contos e peças de teatro, criou mistérios protagonizados por personagens variados, como a simpática Miss Marple e, sobretudo, por Hercule Poirot. Excêntrico, vaidoso e de uma perspicácia sem igual, o detetive particular conquistou legiões de leitores no mundo inteiro, ganhou status de lenda e se tornou o personagem mais presente na obra de Christie, figurando em 33 romances e 54 contos, incluindo alguns dos títulos de maior destaque da bibliografia da autora. Levado a desvendar crimes nos quatro cantos do mundo, com seus métodos incomuns e muitas vezes surpreendentes, ele sempre supera seus colegas da polícia local. Esta coleção reúne em volumes temáticos os romances do incontornável pequeno grande belga.

Tragédia em três atos (1935)
Um jantar entre amigos é perturbado pela morte súbita de um dos convivas, aparentemente de causas naturais. Mas tudo toma um novo rumo quando uma segunda morte acontece.


Cipreste triste (1940)
Uma velha senhora falece após uma longa doença sem deixar testamento, e segredos de família levarão Poirot a seu primeiro romance de tribunal.


Morte na praia (1941)
Uma bela e provocante mulher é estrangulada nas areias de uma pequena praia. Poirot, de férias, perscruta todos os hóspedes do luxuoso hotel e descobre que vários teriam razões para ser o assassino.


A Mansão Hollow (1946)
Um reputado médico é baleado em plena luz do dia na propriedade de amigos onde fora passar o final de semana. Todas as evidências apontam para sua simplória mulher, mas nem sempre as coisas são como parecem.

" />