em 


Opções Avançadas

Vida & Obra

 

Livros do Autor



A LUA NA SARJETA

David Goodis
Tradução de Edmundo Barreiros

Coleção L&PM E-books
Formato ePub
ISBN 978.85.254.2904-9

R$13,90



A LUA NA SARJETA

David Goodis
Tradução de Edmundo Barreiros

Coleção L&PM Pocket
Ref. 482
200 páginas
ISBN 978.85.254.1499-1
Também em e-book

R$23,90



ATIRE NO PIANISTA

David Goodis
Tradução de Edmundo Barreiros

Coleção L&PM E-books
Formato ePub
ISBN 978.85.254.2903-2

R$16,90



ATIRE NO PIANISTA

David Goodis
Tradução de Edmundo Barreiros

Coleção L&PM Pocket
Ref. 472
224 páginas
ISBN 978.85.254.1468-7
Também em e-book

R$22,90



GAROTA DE CASSIDY, A

David Goodis
Tradução de Jimi Joe

Coleção L&PM Pocket
Ref. 434
224 páginas
ISBN 978.85.254.1444-1

R$23,90

Veja Mais

David Goodis

Nasceu em 2 de março de 1917, na cidade de Filadélfia (Pensilvânia, EUA). Seu primeiro romance, Retreat from Oblivion, foi publicado em 1938, quando tinha apenas 21 anos. Ele ganhou certa notoriedade em 1946, com a publicação de Dark Passage, que foi levado às telas de cinema sob o mesmo nome (o filme foi lançado no Brasil como Prisioneiro do passado), estrelado por Humphrey Bogart e Lauren Bacall. Trabalhou como roteirista para a Warner Brothers, como era comum entre escritores da época. O interlúdio com o mundo do cinema não teve muito êxito e ele voltou à cidade natal em 1950, para morar com os pais e continuar escrevendo romances em um ritmo frenético. Cassidy’s Girl (A garota de Cassidy) foi publicado em 1951, Of Tender Sin e Street of the Lost, em 1952, The Burglar e Moon in the Gutter (Lua na sarjeta), em 1953, Street of no return, Black Friday (Sexta-feira negra) e Blonde on the Street Ccorner, em 1954, e The Wounded and the Slain, em 1955.

Em 1956, publicou aquela que se tornaria a sua mais famosa obra, Down There. Em 1960, o livro viraria filme nas mãos do cineasta francês François Truffaut, que escalou o então jovem Charles Aznavour para o papel do surpreendente pianista de bar. O filme foi batizado como Tirez sur le pianiste (Atire no pianista), daí o nome com o qual o livro foi publicado no Brasil.

David Goodis se debruçou sobre as classes marginalizadas da sociedade norte-americana com uma força de caracterização ímpar de ambientes e personagens. Poucos autores mergulharam como ele na alma e no sofrimento dos excluídos, marginais e demais figurantes dos ambientes sórdidos e miseráveis que compõem o lado escuro do sonho americano. O escritor desenvolveu histórias a partir da vida de homens comuns, que por algum motivo estavam no lugar errado na hora errada.

Os livros de David Goodis, mais noir do que propriamente policiais, fizeram sucesso primeiro na Europa, ao passo que nos Estados Unidos foram eclipsados por Dashiell Hammett, Raymond Chandler e James Cain. Estes eram bem mais velhos que Goodis e já tinham conquistado a crítica e o público durante as décadas de 40 e 50. David Goodis morreu desconhecido – considerando-se o reconhecimento que sua obra obteve posteriormente –, em 7 de janeiro de 1967, aos cinqüenta anos de idade. Seus outros livros são Nightfall (1947), Behold this Woman (1947), Of Missing Persons (1950), Night Squad (1961), Somebody’s Done For (1967) e Fire in the Flesh (1957). No total, Goodis escreveu dezessete romances, além de contos, roteiros para cinema e para novelas de rádio. Mais de dez filmes foram realizados a partir de livros seus.

Opinião do Leitor

"Considero David Goodis tão grande quanto Hammett e Cain, merecendo muito mais atenção do que lhe é prestada. Ler sua obra é conhecer que, debaixo do sonho americano, morejava um mar de lama, uma iniquidade, um desalento, uma falta de perspectiva para a camada mais oprimida da população que pode ser o motivo pelo qual ele era mais conhecido e admirado na França do que em sua terra natal."

josé henrique fialho
Raul Soares/Minas Gerais

"Já li duas obras dele;Sexta feira negra e estou lendo Atire no pianista,os dois são muito bons,ele faz com que a gente não queira parar de ler,porque a história nos envolve..e se voce le o primeiro capitulo,já quer ler o segundo e o terceiro e saber logo o que vai acontecer. Admiro muito o trabalho dele (:"

Naiara C. Vieira
Joaquim Távora-Pr

voltar ir para o topo   imprimir página
 

Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Alameda Santos, 1470, cj 310 - Cerqueira César - Fone: (11) 3578.6606 - São Paulo/SP - CEP 01418-903

© 2003-2019 Publibook Livros e Papeis Ltda. - CNPJ 87.932.463/0001-70 - Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva