em 


Opções Avançadas

Vida & Obra

 

Livros do Autor



O OVO APUNHALADO

Caio Fernando Abreu
Prefácio de Lygia Fagundes Telles

Coleção L&PM Pocket
Ref. 260
176 páginas
ISBN 978.85.254.1161-7
Também em e-book

R$26,90



POMBA ENAMORADA E OUTROS CONTOS

Lygia Fagundes Telles

Coleção L&PM Pocket
Ref. 150
176 páginas
ISBN 978.85.254.0867-9

Fora de catálogo

Lygia Fagundes Telles

Nasceu em São Paulo em 19 de abril de 1923. Passou a infância em pequenas cidades do interior, onde o pai, o advogado Durval de Azevedo Fagundes, foi promotor público e delegado. A mãe, Maria do Rosário de Azevedo (Zazita), era pianista. Algumas das cidades percorridas nessa infância instável: Sertãozinho, Areias, Assis, Apiaí e Descalvado. Voltando a residir com a família em São Paulo, cursou o ginásio no Instituto Caetano de Campos, tendo sido aluna do professor Silveira Bueno, de quem recebeu os primeiros incentivos para a carreira literária. Formou-se em Direito pela Universidade de São Paulo e na Escola Superior de Educação Física da mesma universidade. Na Escola do Largo de São Francisco participou ativamente da vida literária universitária, integrando a comissão de redação das revistas Arcádia e XI de Agosto.

Começou a escrever muito cedo, o que a levou depois a considerar seus primeiros livros “muito imaturos e precipitados”, chegando a rejeitá-los. Segundo o crítico literário Antonio Candido, o romance Ciranda de pedra (1954) seria o marco de sua maturidade intelectual. Vivendo a realidade de uma escritora do Terceiro Mundo, considera sua obra de natureza engajada, ou seja, comprometida com a condição humana dentro da circunstância de seu país, participante e testemunha que é deste tempo e desta sociedade.

Foi casada com o jurista Godoffredo da Silva Telles Júnior, do qual se divorciou. Desse casamento tem um filho, Godoffredo da Silva Telles Neto, que é cineasta. Casou-se depois com o professor e escritor Paulo Emílio Salles Gomes, fundador da Cinemateca Brasileira, falecido em 1977.

Como funcionária pública, veio a ser  Procuradora do Estado. Foi presidente da Cinemateca Brasileira em São Paulo durante quatro anos. Foi vice-presidente da União Brasileira de Escritores.

Obras:

Janeiro
Histórias do desencontro
(contos)  Prêmio Instituto Nacional do Livro
Verão no aquário (romance)
Histórias escolhidas (contos)
Gaby (novela) em Os sete pecados capitais (obra coletiva)
O jardim selvagem (contos)
Trilogia da Confissão em Os 18 melhores contos do Brasil
Antes do baile verde (contos) Prêmio Guimarães Rosa da FUNDEPAR
As meninas (romance)
Filhos pródigos (contos)
A disciplina do amor (romance)
Mistérios (contos)
Os melhores contos de Lygia Fagundes Telles.
Venha ver o pôr-do-sol (contos)
As horas nuas (romance)
A estrutura da bolha de sabão (contos)
Capitu adaptação livre para um roteiro baseado no romance Dom Casmurro (em parceria com Paulo Emílio Salles Gomes)
A noite escura e mais eu (contos)
Pomba enamorada e outros contos escolhidos (Seleção de Léa Masina L&PM POCKET)
Invenção e memória (contos)
Durante aquele estranho chá


Fonte: Academia Brasileira de Letras

Opinião do Leitor

Deixe seu depoimento sobre o autor

voltar ir para o topo   imprimir página
 

Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Alameda Santos, 1470, cj 310 - Cerqueira César - Fone: (11) 3578.6606 - São Paulo/SP - CEP 01418-903

© 2003-2019 Publibook Livros e Papeis Ltda. - CNPJ 87.932.463/0001-70 - Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva